Guerra da Ucrânia: o que vem a seguir? – Crítica Desapiedada, Inter-Rev & Leftdis

[Nota do Crítica Desapiedada]: Na intenção de seguir o debate internacional visto nas publicações de várias expressões políticas contemporâneas, cada uma procurando fornecer uma posição sobre a guerra atual e manifestando suas diferenças e semelhanças, o Crítica Desapiedada decide aqui reproduzir uma publicação do Blog Left.dis e Inter-Rev Forum em acréscimo ao chamado da ICT, publicado também no Portal. Em nosso caso, não adotamos plenamente a lista do apêndice fornecida originalmente pelo Leftdis e Inter-rev. A nosso ver, o apêndice reúne várias publicações que não convergem com uma posição proletária e, em outros casos, não conhecemos com profundidade os fundamentos teóricos (ou ideológicos) de vários nomes indicados. Por isso decidimos fazer modificações e elaborar uma nova lista com as publicações que expressam a perspectiva política que defendemos, ou aquelas que, no mínimo, merecem uma análise crítica. Desse modo, o apêndice está dividido entre o tópico a) Leituras Fundamentais, isto é, as publicações que temos acordo e convergem com a perspectiva do Portal Crítica Desapiedada; e o tópico b) Leituras Complementares, ou seja, as publicações que pertencem ao bloco revolucionário, mas manifestam ambiguidades, ecletismos e determinados equívocos que requerem análises no futuro. O apêndice disponibilizado é responsabilidade do Crítica Desapiedada e será atualizado na medida que saírem novas traduções em português dos textos listados, ou saírem novos textos de outras organizações e indivíduos com uma perspectiva que expressa, em diferentes graus, os interesses revolucionários do movimento operário.
Assim, a publicação do Leftdis e Inter-Rev, modificada pelo Crítica Desapiedada, que reproduzimos logo abaixo é uma ideia importante que serve como pontapé inicial aos militantes revolucionários que procuram se posicionar contra a Guerra na Ucrânia. O CD disponibilizou vários artigos em português sobre a guerra que podem ser encontrados na página principal ou no apêndice, e em cada um deles é possível fazer comentários, desenvolver suas reflexões e apontar o que é possível concordar ou discordar dos pontos elencados por tais artigos. Em relação aos textos listados no apêndice que não foram disponibilizados no CD, incentivamos as pessoas a conferirem as publicações nos respectivos link’s, ficando aberta a possibilidade de cada um indicar os pontos que estão de acordo (ou não) nos sites onde os textos foram publicados, ou, em último caso, no endereço indicado no item 3 mencionado pela publicação internacionalista. Este é um esforço importante que, em nossa visão, contribui para o fortalecimento do bloco revolucionário através do debate interno entre diversas expressões políticas, o que pode gerar avanços teóricos ou recuos que auxiliarão a visualizar a força teórica e o papel do bloco revolucionário nas lutas de classes atuais e naquelas que explodirão nas próximas décadas.


Guerra da Ucrânia: o que vem a seguir?

Chamado da ICT e a declaração conjunta [da CCI – Corrente Comunista Internacional] possuem algumas fraquezas significativas. Como a ICT faz do conteúdo de seu chamado o critério de admissão, não se pode esperar que essa organização, ou Nenhuma Guerra senão a Guerra de Classes, possa desempenhar um papel positivo em uma discussão para que esses pontos possam ser esclarecidos. A declaração conjunta se apresenta somente como as visões da esquerda. Nenhum chamado para ação, nenhum chamado para discussão. Falta qualquer referência a outros grupos que reivindicam a esquerda comunista. Isso não impede que grupos e indivíduos com publicações que reivindicam a esquerda comunista, particularmente os da Itália, Alemanha e Holanda, continuem a ter a necessidade de:

1. Discutir o contexto da guerra na Ucrânia e as perspectivas do proletariado.

2. Ações conjuntas baseadas em pontos em comum.

Assim, a aposta da discussão mencionada em 1. não é o desenvolvimento de um programa-guia, nem de um programa completo de uma Internacional ou do Partido. Seu surgimento, provavelmente o de várias organizações políticas minoritárias, depende inteiramente de um renascimento do proletariado mundial que pelo menos se aproxime daquele do início da revolução mundial no período 1917 – 1923, especialmente quando uma substancial minoria militante e consciente da classe se afasta das organizações burguesas e de sua ideologia reformista.

Dirigimos este apelo aos grupos e indivíduos (ver lista no apêndice [o original: apêndice no Leftdis, apêndice no Inter-Rev]) que demonstraram assumir em suas publicações uma posição internacionalista proletária com base nas posições da esquerda comunista, especialmente as da Itália, Alemanha e Holanda. Pedimos que:

1. Nos indiquem em suas próprias publicações com quais pontos concordam e com quais discordam da posição internacionalista proletária tomada em outras publicações.

2. Ao fazê-lo, forneçam a referência do(s) texto(s) relevante(s) com hiperlinks ou copiem o texto em sua própria publicação.

3. Enviem artigos recentes de própria autoria contra a guerra na Ucrânia para o endereço provisório [email protected] indicando Autor, Título, data, hiperlink.

4. A adoção em sua própria publicação da lista no Apêndice.

Uma referência aos novos artigos recentes contra a guerra na Ucrânia será incluída em Left wing communism e em Forum Inter-rev. Recomenda-se a reprodução dessas referências e dos próprios artigos, possivelmente em tradução.

10-4-2022, Anibal, Materia, Fredo Corvo


Apêndice [Modificado e atualizado pela Crítica Desapiedada]

a) Leituras Fundamentais: lista de publicações baseada nas tendências pertencentes ao bloco revolucionário que assumiram posições internacionalistas proletárias contra a guerra na Ucrânia e expressam uma perspectiva teórica marxista ou próxima das teses políticas que defendemos.

b) Leituras Complementares: lista de publicações (dossiês e textos em geral) expressando posições pertencentes ao bloco revolucionário que assumiram posições internacionalistas proletárias contra a guerra na Ucrânia. Todavia, várias publicações listadas abaixo possuem bases intelectuais que manifestam ambiguidades, equívocos, etc.

Dossiês

Textos em Geral

Traduzido por Marco Túlio Vieira, segundo a versão disponível em: https://leftdis.wordpress.com/2022/04/11/ukraine-war-what-next/.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Rússia, Guerra Estatal e Luta de Classes – Nildo Viana – Crítica Desapiedada
  2. A Repartição do Mundo Capitalista Começou… (Parte I) – Pantopolis – Crítica Desapiedada
  3. Nenhuma Guerra Senão a Guerra de Classes – um chamado à ação – Tendência Comunista Internacionalista – Crítica Desapiedada
  4. O verdadeiro fim da história é o fim da guerra – Kon-Flikt – Crítica Desapiedada

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*