Live Crítica Marxista: Uma Crítica Autogestionária ao Espaço Urbano – Miguel Bogado

[ENCERRADO] Na sexta, dia 25 de março de 2022, Miguel Bogado realizou uma exposição sobre a sua recente pesquisa, produto da sua conclusão de curso em Arquitetura e Urbanismo pela UFSC, cujo título é “Para uma Crítica Autogestionária do Espaço Urbano”. Para participar do evento (gratuito), inscreva-se no endereço logo abaixo e no dia da exposição enviaremos em seu e-mail o link da sala. Esta é mais uma atividade do Portal Crítica Desapiedada, vinculada à luta cultural e à autoformação teórica na perspectiva do proletariado.

Inscrição (gratuita):

Datas: 25 de Março (Sexta)
Horário: 
19:00 h – 21:00 h
Encontro será via Google Meet (O link será enviado no dia, através do e-mail inscrito)

Sinopse:

A partir da análise marxista, a exposição consistirá em uma crítica do espaço urbano capitalista no sentido de entendê-lo não como um objeto isolado, e sim como expressão e agente pertencente à totalidade das relações sociais. Este espaço da exploração de mais-valor está intimamente ligado ao seu modo de produção dominante. Ele é produto de forças ideológicas pertencentes a uma visão de mundo na qual se reproduz a lógica da propriedade privada, onde há forte hierarquia e desigualdade social, um mundo dividido entre dirigentes e dirigidos. A reprodução da sociedade capitalista institui o alheamento (entäusserung) dos meios de subsistência social e recursos básicos dos trabalhadores. O objetivo da crítica é formar uma base para a supressão e superação (aufhebung) do modo de produção capitalista, esboçando uma teoria para a concepção do espaço livre autogestionário.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*