Dossiê: Otto Rühle (1874-1943)

A propósito do trabalho de divulgação dos comunistas de conselhos neste ano de 2021, o portal Crítica Desapiedada preparou um dossiê sobre Otto Rühle com diversos artigos e livros disponibilizados em português.

“Para ele [Lênin ], existia apenas um único partido revolucionário – o seu; uma única revolução – a revolução Russa; um único método – o bolchevismo. E o que tinha obtido sucesso na Rússia, devia obtê-lo também na Alemanha, França, América, China e Austrália. O que era correto para a revolução burguesa russa, sê-lo-ia também para a revolução proletária mundial. A aplicação monótona de uma fórmula, descoberta uma vez por todas, evoluía num círculo egocêntrico onde não entravam em consideração nem a época, as circunstâncias ou os níveis de desenvolvimento, realidades culturais, ideias ou homens. Com Lênin, era o advento do maquinismo em política; ele era “técnico” o “inventor” da revolução, o representante da vontade todo-poderosa do chefe. Todas as características fundamentais do fascismo existiam na sua doutrina, estratégia, “planificação social” e arte de manejar os homens. Ele não podia perceber a profunda significação revolucionária da rejeição pela esquerda da política tradicional do partido. Não podia compreender a verdadeira importância do movimento dos sovietes para a orientação socialista da sociedade. Ignorava as condições requeridas pela libertação dos operários. Autoridade, direção, força, exercidas de um lado, organização, do outro – tal era a sua maneira de raciocinar. Disciplina e ditadura são as palavras que surgem mais frequentemente nos seus escritos. Compreende-se, pois, facilmente, porque não podia aceitar ou apreciar as ideias e ações da “ultraesquerda”, que recusava a sua estratégia e reclamava o que, evidentemente, era indispensável na luta revolucionária para o socialismo – a saber, que os operários tomassem uma vez por todas a sua sorte em mãos.”

Otto Rühle, A Luta Contra o Fascismo Começa Pela Luta Contra o Bolchevismo, 1939.


Arquivos Antonie Pannekoek (Inventório)

Artigos

Livros

Sobre Otto Rühle

Sobre os Comunistas de Conselhos

Vídeos

Otto Rühle e Franz Pfemfert. Fotografado em Dresden em 1923 por Conrad Felixmüller.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*