Seminário – Parte IV: Luta de Classes e Maio de 68 na França – Marcus Vinícius

No sábado, dia 27/06, o Crítica Desapiedada deu sequência ao seminário virtual “Capitalismo, Luta de Classes e Experiências Revolucionárias”. O quarto encontro foi ministrado pelo militante autogestionário Marcus Vinícius, com o tema Luta de Classes e Maio de 68 na França. A exposição será feita pelo YouTube através do canal Crítica Desapiedada, começando pontualmente às 15 horas.

Ative o lembrete: Crítica Desapiedada

Assim, o seminário faz parte das atividades virtuais realizadas pelo Portal Crítica Desapiedada, visando a formação marxista nesse período de quarentena. A ementa da discussão e o material de leitura disponibilizado pela palestrante ficará disponível neste post. Bons estudos.


Material de Estudo:

Tópicos: A França antes de 68. O regime de acumulação conjugado francês. A condição juvenil. Movimento estudantil e a universidade francesa: formas de organização e luta. O papel estudantil nos acontecimentos de 68. O Maio Operário. Reforma ou Revolução?

Indicações de Leitura: Pasta Virtual

Bibliografia básica:

  • CONCEIÇÃO, Marcus Vinicius Costa da. Reflexões sobre o movimento estudantil e o Maio de 1968. In: Nildo Viana. (Org.). O Movimento Estudantil em foco. 1ed. Goiânia: Edições Redelp, 2016, p. 75-98.
  • INTERNACIONAL SITUACIONISTA. A miséria do meio estudantil. In: Situacionista: teoria e prática da revolução (pp. 27-60). São Paulo: Conrad, 2002.
  • SOLIDARITY. Paris, Maio de 1968. São Paulo: Conrad, 2003.
  • Viana, Nildo (Org.); BRAGA, Lisandro (Org.). Maio de 1968: luta de classes e projeto autogestionário. 1. ed. Curitiba: EDITORA CRV, 2019.

Bibliografia complementar:


Indicações complementares:

A Batalha de Argel (1966)
“Can Dialectics Breaks Bricks?”
Quartier Latin – Maio de 68/ Noites Longas e Manhãs Breves (1978)
Sociedade do Espetáculo – Guy Debord 1973
Seriado: A Very Secret Service (Au service de la France)

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*